23/06/2023 às 11h02min - Atualizada em 23/06/2023 às 11h02min

Em ritmo de boi, Coral Infanto-juvenil e Orquestra Experimental do Liceu realizam apresentação no Aeroporto Internacional de Manaus

Com alusão ao Festival Folclórico de Parintins, o evento receptivo chamou a atenção de passageiros e colaboradores do local

Da Redação
Ag. Amazonas

FOTO: Alex Maia (Secretaria de Cultura e Economia Criativa)

MANAUS - O Coral Infanto-juvenil e a Orquestra Experimental do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro apresentaram, nesta quinta-feira (22/06), um repertório repleto de músicas dos bumbás de Parintins. A apresentação aconteceu no hall de entrada do Aeroporto Internacional de Manaus Eduardo Gomes, para turistas e trabalhadores do local. 

O evento faz parte da programação de receptividade promovida pela administração do aeroporto. O objetivo é a promoção do turismo e chamar a atenção dos passageiros que embarcam e desembarcam na capital amazonense, muitos deles com destino a Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus), onde acontecerá o 56º Festival Folclórico, de 30 de junho a 02 de julho.

A musicista venezuelana Michela La Cruz, de 26 anos, que volta para a terra natal após um período de férias no Brasil, se encantou com a apresentação. “Não conheço muito a cultura brasileira, mas o tempo que estive aqui pude conhecer um pouco do Carnaval e das festas juninas. Amei chegar aqui e ver o coral e os músicos tocando essas músicas”, destacou Michela.

Para Rafael Miranda, colaborador de uma companhia de táxi aéreo, o evento com a temática é muito importante para a difusão da cultura do boi-bumbá. “Aqui é a porta de entrada e saída para outros lugares e é bom para os turistas verem um pouco da nossa cultura por meio dessas intervenções. A presença do coral agregou bastante ao cotidiano de quem trabalha no aeroporto”, afirmou o colaborador, que é natural de Parintins.

Considerada uma das primeiras escolas públicas de artes da região Norte, o Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro atua desde 1998, disseminando arte, cultura e fomentando a cadeia artística na capital e interior. Atualmente, o Liceu oferece aulas presenciais em quatro unidades na capital e duas no interior do Amazonas, além do “Liceu Digital”, ferramenta que oferece aulas online.

De acordo com o secretário de cultura do Estado, Marcos Apolo Muniz, as atividades do Liceu são importantes para incentivar o desenvolvimento do potencial artístico dos alunos, por meio da arte-educação e do aperfeiçoamento profissional na área cultural. E a premissa é potencialmente realizada por meio dessas intervenções, que divulgam nossa grandiosa cultura”, conclui Marcos Apolo.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp