26/06/2023 às 15h42min - Atualizada em 26/06/2023 às 15h42min

Em Parintins, governador Wilson Lima entrega Complexo da Serra da Valéria como novo atrativo turístico

Além dos visitantes que chegam para o 56º Festival Folclórico de Parintins, o atrativo irá atender os turistas de cruzeiros estrangeiros

Da Redação
Ag. Aamzonas
FOTO: Alex Pazuello/Secom

PARINTINS - A cidade de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) ganhou um novo atrativo turístico. O governador Wilson Lima entregou, nesta segunda-feira (26/06), o Complexo de Infraestrutura Turística da Serra da Valéria, que irá impulsionar o ecoturismo na região e proporcionar mais renda e desenvolvimento para a população local.

A obra do Governo do Amazonas foi realizada pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e inclui duas estações para recepção dos turistas e a construção de uma escadaria, com rampa de acesso, para maior comodidade dos visitantes. 

“A partir de agora ninguém vai mais desembarcar aqui no lamaçal e ter dificuldade de subir aqui correndo risco de sofrer um acidente. E eu falo não só do ponto de vista do turista, e é claro que a gente está preparando para receber bem quem vem para cá, mas acima de tudo a gente está preparando isso aqui para dar conforto e dignidade para quem mora na comunidade porque o turista vem aqui uma vez ou outra, vocês (moradores) estão aqui no dia a dia e têm que enfrentar essa subida”, destacou Wilson Lima, acompanhado da primeira-dama, Taiana Lima, do vice-governador Tadeu de Souza e sua esposa, Jade Amorim, do prefeito de Parintins, Bi Garcia. 

Além dos turistas que chegam à ilha para o 56º Festival Folclórico de Parintins, a infraestrutura turística irá atender os cruzeiros internacionais que passam pelo local, em especial na temporada de cruzeiros, que ocorre de novembro a março.

Na temporada 2022/2023, a atividade turística injetou cerca de R$ 3,1 milhões na economia do Estado. Para a temporada 2023/2024 são esperados mais de 35 navios, com cerca de 40 mil turistas, que irão conhecer as belezas do Amazonas, como a cidade de Parintins.

Segundo o presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio, a obra destaca o potencial para o ecoturismo em Parintins e o investimento feito pelo Estado na região. Sampaio lembra que cerca de 70% dos navios que chegam ao Amazonas têm parada em Parintins.

“O Governo do Amazonas traz dignidade e qualidade de vida para a Serra da Valéria. Essa região abriga muitas pessoas dos arredores. Aqui tem a quadra, a escola, tem uma escola de artes e muitas pessoas circulam por aqui. Então melhora a vida da comunidade e dos arredores também. A nossa missão é fazer a diferença e transformar para melhor a vida do povo amazonense”, ressaltou Gustavo. 

Sonho da comunidade 

O líder comunitário da Serra da Valéria, Lúcio Souza Xavier, 44, morador do local desde que nasceu, pontuou que a entrega da obra era um sonho de toda a comunidade. “Eu me sinto muito feliz de estar com essa obra pronta aqui na nossa comunidade, que vai facilitar muito a nossa situação também de escoamento da produção. A gente subia com material lá da ‘beira’, nas costas, e hoje não subimos mais, agora já é de moto, carro. A comunidade só tem que agradecer a Deus e ao governador Wilson Lima por estar fazendo esse belíssimo trabalho aqui”, ressaltou Lúcio.

A cerimônia também contou com a presença do secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, do secretário Chefe da Casa Militar, Fabiano Bó, e da secretária do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Kathleen Braz. Também estiveram presentes os deputados Saulo Viana e Cabo Maciel, o presidente da Câmara de Vereadores de Parintins, Alex Garcia e vereadores, entre os quais Babá Tupinambá, Flávio Farias, Vanessa Geny, Cabo Linhares, Brenda Dianná, Mateus Assayag, Telo Pinto e Josenaldo Lima.

Cumprindo agenda em Parintins, a poucos dias do 56º Festival Folclórico, o governador Wilson Lima também entregará aos parintinenses a conclusão da reforma e manutenção do Centro Cultural Bumbódromo, além de melhorias e investimentos para fortalecer o setor primário na cidade.

Serra da Valéria

Um dos pontos mais altos de Parintins, a Serra da Valéria possui 152 metros de altura e oferece uma das vistas mais bonitas da região. O local faz divisa com o estado do Pará e tem cinco comunidades, onde vivem cerca de 700 pessoas: Santa Rita, Betel, Bete Semes, Samaria e São Paulo. 

A obra de melhoria da infraestrutura turística contemplou a construção do embarque e desembarque e mirantes para movimentar o turismo local, com exposição de artesanatos.

Para chegar à Serra da Valéria, o acesso pode ser realizado via fluvial ou terrestre, saindo de Parintins. Quem preferir ir de barco de passeio, o trajeto dura em média três horas, com saída às 12h de Parintins. Para quem desejar chegar mais rápido, a opção é ir de lancha, em passeios que são organizados por excursões com trajeto que dura, em média, 45 minutos. Durante a vazante do rio, que ocorre de fevereiro a novembro, o acesso pode ser realizado pela estrada, via Vila Amazônia, e leva em torno de uma hora.

Os turistas podem passear de barco para conhecer as comunidades da serra, pescar, observar pássaros e fazer trilhas, que têm no ponto final a vista da divisa dos estados do Amazonas e Pará. Além disso, a Serra da Valéria possui um rico sítio arqueológico.

Os passeios podem ser adquiridos por pacotes, nas excursões organizadas para grupos acima de oito pessoas. Os pacotes são oferecidos por agências de turismo e podem ser montados de acordo com os interesses do visitante. 

Para realizar os passeios, basta buscar uma agência credenciada no chatbot Amazonas to Go, disponível 24h, todos os dias, pelo QR Code https://qrfacil.me/Qqdds6kr ou em cartazes espalhados nos principais atrativos turísticos do Amazonas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp