30/10/2023 às 12h13min - Atualizada em 30/10/2023 às 12h13min

Veja quem são as 12 vítimas da queda de avião no Acre

Aeronave caiu na manhã deste domingo em Rio Branco (AC), quando decolava o aeroporto internacional, com destino ao Amazonas

Da Redação
Correio Braziliense
Corpos e destroços da aeronave foram encontrados em região de mata próxima ao Aeroporto Internacional de Rio Branco (AC). Ainda não se sabe o que motivou a queda do avião - Foto: Reprodução/Redes sociais

ACRE - As doze vítimas do acidente aéreo ocorrido em Rio Branco, no Acre, na manhã deste domingo (29/10), eram de duas cidades do Amazonas: Envira e Eirunepé. Eram seis homens, três mulheres e uma criança de um ano e sete meses, além dos piloto e copiloto.

O avião, da empresa aérea Art Táxi Aéreo, tinha acabado de decolar do Aeroporto Internacional de Rio Branco Plácido de Castro, pouco depois das 6h, e seguia para Envira (AM), distante 373 quilômetros. A aeronave, com os dez passageiros e tripulantes, caiu, explodiu e todos morreram carbonizados, segundo informou o governo do Acre.

Entre as vítimas, quatro eram de Envira e seis de Eirunepé. A empresa aérea é de Manaus e fazia voos regulares todas as quintas-feiras para aquela região e retornava para Manaus aos domingos. A capital do Amazonas era o destino final.

Estão na lista dos passageiros que morreram: Cláudio Mortari (piloto), Cleiton (copiloto), Ana Paula Melo e sua filha Clara Maria Monteiro (de 1 ano e 7 meses), José Marcos Epifânio, Edineia de Lima, Jamilo Maciel, Antônio Epifânio, Raimundo Nonato Melo, Alexsander Bezerra, Antônia Elizângela e Francisco.

Investigação da FAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que investigadores do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VII), em Manaus (AM), foram acionados para realizar a ação inicial do acidente do avião em Rio Branco (AC). Se trata de um órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Nessa ação, explicou a Aeronáutica, são usadas técnicas de coleta e confirmação de dados, preservação de indícios, verificação de danos causados à aeronave, ou pela aeronave,e o levantamento de outras informações necessárias ao processo de investigação.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp