06/11/2023 às 02h46min - Atualizada em 06/11/2023 às 02h46min

Silêncio perante as devastadoras queimadas na Amazônia em 2023 chama a atenção

Apesar da gravidade, cenário é de completo descaso e de pouca luz sobre os fatos.

Da Redação
Conexão Política
Foto: Reprodução

AMAZÔNIA - Neste ano de 2023, a Amazônia enfrenta uma das piores temporadas de queimadas das últimas décadas, um problema que mereceria atenção urgente e ação conjunta para combater o desastre ambiental. No entanto, o que elemento chama a atenção não é apenas a magnitude do incêndio, mas o silêncio ensurdecedor que parece permear a esfera pública.

Este cenário de inação tem sido atribuído, por alguns, à estreita relação do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com a causa ambiental. Sob tal alinhamento político, a classe artística, os principais veículos de comunicação e até mesmo os órgãos competentes parecem estar notavelmente silentes e apáticos diante do que está ocorrendo na região amazônica.

A ausência de reportagens especiais com cobertura na televisão, a falta de plantões de urgência interrompendo a programação e a notável ausência de hashtags e mobilização por parte de ativistas e grupos ambientais, que normalmente são rápidos em denunciar situações de crise, levanta questionamentos. A ausência de ‘indígenas’ no programa Fantástico ou outros meios de comunicação, denunciando que a Amazônia está em chamas e que a população está sofrendo com a densa fumaça que cobre a região, é igualmente notável.

O silêncio diante dessa crise se estende e já chega há quase 1 ano. O cenário é preocupante, uma vez que a Amazônia desempenha um papel crucial na regulação do clima global e abriga uma rica diversidade de vida. No entanto, o contexto político e a apatia que o envolve têm prejudicado os esforços para enfrentar essa ameaça, que agora é pouco retratada.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp