16/05/2023 às 15h09min - Atualizada em 16/05/2023 às 15h09min

Petrobras reduz preços da gasolina, diesel e gás de cozinha para as distribuidoras | Portal É Fato Notícia

Após anunciar nova política de preços, estatal diminui valor dos combustíveis; medidas começam a valer a partir desta quarta-feira.

Da Redação
jovempan.com.br
jovempan.com.br

BRASIL - Após aprovar nova estratégia comercial para o reajuste dos preços dos combustíveis, abandonando a política de paridade internacional, a Petrobras anunciou nesta terça-feira, 16, a redução da gasolina, do diesel e do gás de cozinha para as distribuidoras. Houve diminuição de R$ 0,44 no preço médio do diesel A. Com o reajuste, ele passa de R$ 3,46 para R$ 3,02 por litro. A estatal também barateou em R$ 0,40 no litro de gasolina (passou de R$ 3,18 para R$ 2,78 por litro) e em R$ 0,69 o preço médio do quilo do Gás Liquefeito de Petróleo, o GLP. As medidas começam a valer a partir desta quarta-feira 17. Para explicar o impacto da redução do preço do diesel S10 para o consumidor final, a Petrobras afirmou que o valor médio ao consumidor final pode chegar a R$ 5,18 por litro, se mantidas as parcelas referentes aos demais agentes, conforme pesquisa de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP) para o período de 7 a 13 de maio. “Considerando a mistura obrigatória de 88% de diesel A e 12% de biodiesel para a composição do diesel S10 comercializado nos postos, por exemplo, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 2,69 a cada litro vendido na bomba”, disse a estatal, em nota. 

No caso da gasolina, o valor médio cobrado atualmente das distribuidoras é de R$ 3,18. Com a redução, o preço cai para R$ 2,78 por litro. “A parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 2,03 a cada litro vendido na bomba”, explica a estatal, que calcula o valor de R$ 5,20 no preço pago pelo consumidor final considerando as parcelas dos demais agentes. “Destaca-se que o valor efetivamente cobrado ao consumidor final no posto é afetado também por outros fatores como impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro da distribuição e da revenda”, informa.

Para o GLP, a medida anunciada irá diminuir para R$ 2,53 o valor médio por quilo, que hoje vale R$ 3,22. Com o novo preço, o botijão de 13 kg equivale a R$ 32,96. Segundo a estatal, o preço médio ao consumidor final pode atingir o valor de R$ 99,87 por 13 kg, se considerada a manutenção das parcelas dos demais agentes. Em seu comunicado, a Petrobras afirma que a redução do preço tem como objetivos principais a manutenção da competitividade da companhia e a participação de mercado necessária para a otimização dos ativos de refino em equilíbrio com os mercados nacional e internacional. “A formação de seus preços busca evitar o repasse da volatilidade conjuntural do mercado internacional e da taxa de câmbio, ao passo que preserva um ambiente competitivo salutar nos termos da legislação vigente”, informa.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp