18/03/2024 às 11h11min - Atualizada em 18/03/2024 às 11h11min

Governo contratará empresa sem licitação para tratar yanomamis

O trabalho até então feito pelas Forças Armadas, será contratado por R$ 185 milhões

Da Redação
Pleno News
Terra Indígena Yanomami Fotos: Leo Otero/ Ministério dos Povos Indígenas (MPI)

BRASIL - O Ministério dos Povos Indígenas anunciou a contratação de uma empresa de locação de aeronaves para transportar alimentos à Terra Indígena Yanomami. O contrato, no valor de R$ 185 milhões, será firmado sem abertura de licitação.

Segundo o ministério, a dispensa de licitação foi justificada pela “necessidade premente sofrida pelos povos Yanomami”, visando garantir a segurança alimentar dessas comunidades. A rapidez na contratação foi destacada como essencial para salvaguardar os direitos dos yanomamis.

Atualmente, o transporte das cestas básicas é realizado pelas Forças Armadas, mas a responsabilidade passará para o Ministério dos Povos Indígenas a partir de abril.

Dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação revelaram que, no primeiro ano da administração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ocorreram 363 mortes entre os yanomamis. Isso representa um aumento de 5,8% em relação ao ano anterior, 2022, quando 343 indígenas faleceram sob o governo de Jair Bolsonaro (PL).

Os yanomamis enfrentam uma série de problemas como desnutrição e doenças causadas principalmente pelas dificuldades para desenvolver culturas de subsistência, como o plantio de alimentos e a pesca. Desta forma, a alimentação de aproximadamente 30.000 indígenas depende do governo federal.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp