14/06/2023 às 14h12min - Atualizada em 14/06/2023 às 14h12min

Após quatro meses de crescimento, produção industrial do AM cai 14,2%

O Amazonas lidera a lista, com uma retração

Da Redação
portaldoamazonas.com.br
FOTO: Reprodução/Internet

AMAZONAS - A produção industrial caiu em dez estados do Brasil em abril deste ano. O Amazonas lidera a lista, com uma retração de 14,2%. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) Regional, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) nesta terça-feira (13).

Em abril, a produção industrial nacional recuou 0,6% em dez dos 15 locais investigados, na comparação com março.

Resultados por localidade

Os dados do IBGE mostram que as maiores quedas na indústria foram registradas no Amazonas (-14,2%) e em Pernambuco (-5,5%).

Por outro lado, o Rio Grande do Sul (2,2%) teve o avanço mais elevado.

Na comparação entre abril de 2023 e abril de 2022, a indústria nacional recuou 2,7% em 12 dos 18 locais pesquisados.

“Esse espalhamento regional da retração da indústria é reflexo de uma atmosfera ainda de incertezas no setor”, explicou Bernardo Almeida, analista da PIM Regional.

Almeida detalhou os fatores que influenciam no resultado. “A conjuntura que o país atravessa, uma inflação ainda elevada, um desemprego ainda em um patamar considerado alto, com contratações ainda aquém do necessário impacta diretamente o poder de compra das famílias, e por consequência, a cadeia produtiva da indústria”, completou.

Após quatro meses, Amazonas tem queda

A queda da produção do Amazonas em abril interrompe quatro meses consecutivos de crescimento, quando acumulou ganhos de 22,3%.

Bernardo Almeida listou os motivos que colocaram o Amazonas no topo da lista com os piores resultados.

“Essa retração é explicada pelo desempenho aquém do setor de equipamentos informática e de eletrônicos, bastante influentes no estado”, disse.

De acordo com o IBGE, outras atividades também impactaram o resultado da indústria amazonense, como de bebidas e de outros equipamentos de transportes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://efatonoticia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Seja nosso anunciante? fale conosco pelo Whatsapp